As 100 melhores ONGs do Brasil

“Nossa ideia é que essa lista funcione como um farol para a sociedade, que mostre que vale a pena colocar dinheiro nessas ONGs, porque elas saberão investi-lo em grandes causas”, afirma Fernando Nogueira, presidente do Conselho do Instituto Doar e professor de administração da Fundação Getulio Vargas (FGV). O incentivo à cultura de doação passa, sobretudo, pelo reconhecimento de boas práticas de gestão. Assim como no setor privado, algumas ONGs começam a estabelecer metas, aprender a fazer planejamento estratégico e a se comunicar. Como resultado, algumas reduzem a dependência no poder público e diversificam as fontes de receitas – medida fundamental para manter suas causas perenes.

 

Publicado no site da Revista Época em 11/08/2017

Veja a matéria completa

Guia das Melhores ONGs do Brasil

 

ÉPOCA em parceria com o Instituto Doar lançaram no dia 29 de novembro de 2016 o guia de melhores ONGs, das quais listará as 100 instituições sem fins lucrativos com melhores atuações visando a transparência e consistência de suas gestões. Desde a abertura das inscrições, mais de 1.000 ONGs de 21 estados do Brasil se inscreveram pelo site www.melhores.org.br. A representatividade de todos os cantos do país também é valorizada pela pesquisa. O prazo para inscrição é até o dia 28 de fevereiro de 2017.

O guia surgiu com o objetivo de auxiliar as pessoas que têm a intenção de fazer doações para alguma causa ou organização. A partir dessa lista, elas podem ter uma referência de qualidade e transparência dessas instituições e assim optar por uma de sua preferência. Além disso, o guia tem a função de “auxiliar em uma espécie de selo de qualidade. É importante reconhecer o trabalho dessas organizações”, diz Marcelo Estraviz, presidente do Instituto Doar.

A lista com as melhores ONGs do Brasil pode contribuir para a ampliação das doações no Brasil. Segundo o presidente do Instituto Doar, espera-se que com essa relação mais pessoas queiram participar. “Passar a valorizar um segmento que existe há muito tempo, mas que ao mesmo tempo é pouco discutido pelas pessoas cotidianamente”, diz Estraviz.
O campo de atuação das ONGs é amplo e pode variar desde organizações voltadas para assistência social, criança e adolescente, cultura, desenvolvimento local, direitos dos animais, direitos humanos, educação, esporte, meio ambiente e saúde. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas por qualquer instituição sem fins lucrativos do país.

Publicado no site da Revista Época em 07/02/2017

Veja a matéria completa

Nota de Agradecimento

O ASILO IRMÃO JOAQUIM, ENTIDADE QUE ABRIGA IDOSOS CARENTES AGRADECE, POR MEIO DESTA, À TODA COMUNIDADE DE NOSSA CIDADE E REGIÃO.

FRUTO DA CAMPANHA INICIADA EM MAIO/17, NOSSO ASILO JÁ RECEBEU MUITAS DOAÇÕES, COMO ALIMENTOS, MATERIAL DE HIGIENE PESSOAL, MATERIAL DE LIMPEZA, ETC.

HOJE, PODEMOS AFIRMAR QUE NOSSA DISPENSA ESTÁ COMPLETA, ATÉ O MÊS DE SETEMBRO/17.
DIANTE DA GENEROSIDADE DE NOSSA POPULAÇÃO, SOLICITAMOS A SUSPENSÃO TEMPORÁRIA DE NOVAS DOAÇÕES, AFIM DE EVITAR EXCESSO DE ESTOQUE.

A PARTIR DE SETEMBRO/17, E DIANTE DE NOSSAS NECESSIDADES, VOLTAREMOS A SOLICITAR NOVAS DOAÇÕES, CONTANDO SEMPRE COM A GENEROSIDADE DE NOSSA GENTE E DE TODA A MÍDIA, IMPRESSA, ELETRÔNICA, DIGITAL E DAS REDES SOCIAIS.

LEMBRAMOS QUE, NO DIA 08/JULHO/17 (SÁBADO), SERÁ REALIZADO UM PEDÁGIO SOLIDÁRIO, DAS 09:00 HS ÀS 13:OO HS, DEFRONTE NOSSO ASILO, NA AV. MAURO RAMOS, VISANDO DOAÇÕES EM DINHEIRO NA CONTA DE LUZ DE NOSSA GENEROSA POPULAÇÃO.

FLORIANÓPOLIS, 23 DE JUNHO DE 2017-06-23

HIPOLITO DO V. PEREIRA VITOR WARKEN FILHO
PRESIDENTE SECRETÁRIO

Asilo Irmão Joaquim precisa da ajuda da comunidade

Por Viviane Bevilacqua para o DC
03/06/2017

Quando a gente ouve a palavra asilo dá um frio na espinha. No imaginário popular, logo vem à mente um lugar feio, insalubre, um verdadeiro depósito de idosos, jogados num canto à espera que a vida siga seu rumo. Mas isso não condiz com a realidade, pelo menos não sempre. O Asilo Irmão Joaquim, localizado no Centro de Florianópolis e que funciona ininterruptamente há 110 anos, é um lugar que vale a pena conhecer. Uma casa ampla, arejada, bonita, limpa, cujos janelões deixam entrar a luz do sol. Abriga hoje 40 idosos, todos com mais de 60 anos. Eles são muito bem cuidados por uma equipe formada por funcionários e voluntários.

.  .  .

Leia o texto completo no Diário Catarinense

Aberto desde 1910, Asilo Irmão Joaquim apela por doações em Florianópolis

Por Michael Gonçalves para Notícias do Dia

A crise econômica reduziu o número de doações e o atendimento no Asilo Irmão Joaquim, no Centro de Florianópolis, está comprometido. São 40 idosos, de 60 anos ou mais, que recebem atendimento de enfermagem, fisioterapia e contam com um médico voluntário. O asilo trabalha com 33 funcionários registrados, 25 voluntários fixos e parceiros. A equipe é mantida com recursos da Maternidade Carlos Corrêa, que também integra a Associação Irmão Joaquim. O asilo apela por doações, que podem ser em dinheiro ou em materiais entregues na própria entidade.

O asilo, de direito privado e sem fins lucrativos, é uma instituição de longa permanência de idosos em vulnerabilidade social e econômica desde 1910. Segundo o secretário e voluntário, Vitor Warken Filho, a entidade não recebe recursos de órgãos públicos. “Sempre passamos aperto nas nossas contas, mas conseguíamos resolver com a ajuda divina. Agora, o momento difícil do país reduziu o número de doações e estamos precisando do auxílio da sociedade. A dica que damos para quem quer ajudar e não sabe como é fazer uma visita aos idosos”, explicou o secretário.

.  .  .

Leia o texto completo no Notícias do Dia